MIGALHAS E TOSTÕES – NEGOCIAÇÕES SALARIAIS CTT 2021

Percebemos que a Empresa já tinha chegado a acordo com o conjunto de sindicatos que compõem a “Frente Sindical”.

A “Frente Sindical deu o seu acordo de princípio à proposta da empresa, ficando o SINDETELCO isolado e sem hipóteses de continuar a negociação da Tabela Salarial e Matéria de Expressão Pecuniária.

Não nos revemos nos aumentos salariais apresentados. havia condições para melhores e maiores aumentos!

Como sempre demonstrámos ao longo de 40 anos, o SINDETELCO é um Sindicato responsável. Fizemos um pedido à empresa para que fosse possível ouvir os associados sobre esta proposta e que daríamos a resposta sobre o acordo, ou não acordo, ao fim de 5 dias.

Consideramos os aumentos salariais muito aquém do que a empresa podia negociar mas não podemos deixar os nossos sócios sem qualquer aumento salarial e tomámos a decisão de assinar o Acordo.

Parafraseando, para os acionistas e para o banco há milhões, para os trabalhadores só há migalhas… Possivelmente alguém poderá explicar isto aos trabalhadores…Um dia…

 Os trabalhadores querem aumentos salariais justos. Os trabalhadores têm salários baixos e exigem aumentos que reponham o poder de compra perdido.

 Porquê tanta pressa?
SERÁ QUE OS TRABALHADORES HOJE PERCEBEM A RAZÃO PELA QUAL NÃO FIZEMOS PARTE DESTA “FRENTE SINDICAL”?

Ler na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/migalhas-e-tostoes-negociacoes-salariais-ctt-2021/

%d bloggers like this: