Dez 11 2017

GREVE GERAL CTT – 21 e 22 Dezembro 2017

EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO POSTAL

Lutámos contra a privatização dos CTT e tínhamos razão como se verifica pelo estado a que chegou a empresa.

Uma empresa que enquanto esteve na esfera pública, além de não receber verbas do Orçamento de Estado, sempre apresentou resultados positivos, contribuindo para a receita do Estado.

Uma empresa que até ser privatizada sempre foi uma referência para os portugueses, pela confiança e serviço postal de qualidade, considerada um dos melhores operadores postais a nível mundial.

Nos dias de hoje uma empresa sem qualidade, no que respeita ao serviço postal universal, sem qualquer respeito pelos portugueses, executando um serviço postal abaixo dos mínimos exigidos pelo contrato de concessão, e com a ANACOM a aplicar consecutivas multas.

Os CTT têm de voltar a ser dos portugueses, a ser uma empresa de referência que presta um serviço público de qualidade.

Os únicos que lucraram com este negócio foram os acionistas que anualmente recebem dividendos superiores aos lucros da empresa.

E cada ano que passa se vai descapitalizando a empresa e continuando a venda do pouco património que ainda existe.

Lutámos dezenas de anos pela criação de um Banco Postal como complemento da atividade postal. Essa licença só foi concedida após a privatização. Não aceitamos que os CTT se tenham transformado exatamente no inverso, um Banco Postal que vê o serviço postal como atividade complementar.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: http://www.sindetelco.pt/comunicados/greve-geral-ctt-21-e-22-dezembro-2017/

%d bloggers like this: