NEGOCIAÇÕES DURAS NO MINISTÉRIO ENVERGONHAM SETOR GRÁFICO

Foram realizadas sete reuniões entre o Sindetelco/Fetese (frente sindical) e a Apigraf (frente patronal) mediadas pelo conciliador do ministério.

Após ano e meio de tentativas de acordo para aumento de salários e subsídio de alimentação, só existiram propostas da frente sindical para um possível acordo. A Apigraf limitou-se a rejeitar todas as propostas escudando-se sempre na Decisão Arbitral publicada no BTE n.º 40 de 29/10/2009.

Ano e meio depois, a Apigraf ainda não apresentou qualquer estudo sobre o setor gráfico, do qual sempre fez depender um novo plano de carreiras.

A Apigraf continua a não aceitar qualquer aumento no subsídio de alimentação apesar da insistência dos sindicatos e de 12 anos sem qualquer atualização.

A Apigraf não aceitou sequer negociar as tabelas de atualização do plano de carreiras da Decisão Arbitral.

O SINDETELCO e a FETESE conseguiram a custo, contra a vontade da Apigraf, uma reestruturação da tabela de remunerações de forma a acondicionar o salário mínimo mas sem retroatividade a 1 de Janeiro de 2020. Terá efeitos após a publicação do Acordo. Absolutamente lamentável.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/negociacoes-duras-no-ministerio-envergonham-setor-grafico/

RESPOSTA AO COMUNICADO DA COMISSÃO EXECUTIVA DA NAVIGATOR

O Secretariado Nacional do SINDETELCO não compreende os compromissos assumidos pela Comissão Executiva da Navigator, tornados públicos pelo comunicado 04/2020 de 01 de Fevereiro.

Tais compromissos escapam aos critérios definidos pelas regras de avaliação de desempenho em vigor e aos critérios da progressão na carreira publicados em boletim de trabalho e emprego. Mais, tal violação dos compromissos assumidos fere a boa-fé negocial dos acordos firmados anteriormente.

Assim sendo:

  • O SINDETELCO EXIGE O PAGAMENTO DEVIDO AOS TRABALHADORES EM CONFORMIDADE COM O PLANO DE CARREIRAS EM VIGOR NO AE DA NAVIGATOR E PROTOCOLOS.
  • O SINDETELCO NÃO ASSUME COMPROMISSOS RELATIVOS A MATÉRIAS DE CONTRATAÇÃO COLETIVA FORA DO ESPAÇO E CONTEXTO FORMAL DAS NEGOCIAÇÕES ANUAIS.
  • O SINDETELCO NÃO ASSUME COMPROMISSOS E CRITÉRIOS QUE VIOLEM OS DOCUMENTOS EM VIGOR.
  • O SINDETELCO NÃO CONTRIBUI PARA SOLUÇÕES QUE PERMITAM À COMISSÃO EXECUTIVA DA NAVIGATOR FAZER BRILHARETES COM O DINHEIRO DEVIDO AOS TRABALHADORES.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/resposta-ao-comunicado-da-comissao-executiva-da-navigator/

FORMAÇÃO 2020

Estar no mercado de trabalho implica, cada vez mais, ter disponiveis bons conhecimentos profissionais que possibilitem marcar a diferença dentro das organizações. A formação é por isso um instrumento fundamental para atingir tais objetivos e poder evoluir na carreira pessoal.

Este é mais um ano em que o SINDETELCO disponibiliza em ações modulares de nível 4 de curta duração (50 horas), fundamentalmente nos seguintes referenciais de Formação:

  • Técnico(a) de Relações Laborais          
  • Técnico(a)  de Segurança e Higiene no Trabalho   
  • Técnico(a)  Administrativo           
  • Técnico(a)  de Secretariado      
  • Técnico(a)  de Organização de Eventos

Poderemos ainda desenvolver outras UFCD incluídas em outros referenciais de áreas de formação, desde que resultantes de necessidades identificadas pela nossa estrutura sindical.

Em todas as ações de formação os formandos têm direito a um Subsídio de refeição de montante igual ao valor definido para os trabalhadores que exercem funções públicas, nos dias em que o período de formação seja igual ou superior a 3 horas. O pagamento deste apoio social ocorre no final do mês seguinte ao do términus da ação de formação.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/formacao-2020/

Plenários de Trabalhadores MANPOWER sobre a transmissão para a Intelcia

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/plenarios-de-trabalhadores-manpower-sobre-a-transmissao-para-a-intelcia/

Transmissão de estabelecimento MANPOWER – INTELCIA (16 de Março 2020)

O SINDETELCO reuniu ontem com os responsáveis da MANPOWER e INTELCIA a fim de tomar conhecimento da transmissão de estabelecimento que irá ocorrer no dia 16 de Março de 2020 entre os trabalhadores da MANPOWER que irão ser transmitidos para a INTELCIA Portugal (que é detida em 65% pela Altice), no próximo dia 16 de Março 2020.

Este processo envolverá aproximadamente 2000 trabalhadores.

Esta transmissão irá envolver todos os trabalhadores da MANPOWER a trabalhar diretamente para o cliente ALTICE PORTUGAL, ficando de fora os trabalhadores que estejam a trabalhar para o cliente Adress House.

Tendo em conta o processo em curso, informamos todos os trabalhadores que, ao abrigo da lei da transmissão, o contrato será transmitido na íntegra para a nova empresa, com as seguintes implicações:

  • A nova empresa irá assumir a antiguidade do trabalhador na empresa anterior;
  • O vencimento base anterior será também assumido, bem como o subsidio e alimentação e outros prémios que o trabalhador usufrua à data da transmissão.
  • O dia de aniversário mantém-se com os mesmos critérios que eram definidos pela MANPOWER.
  • Todos os trabalhadores mantém o mesmo local de trabalho e o mesmo horário de trabalho à data da transmissão.
  • Todos os trabalhadores transmitidos terão ainda direito a um seguro de saúde da Multicare.


Assim sendo, no entendimento do SINDETELCO se estes requisitos foram cumpridos, estão reunidas as condições para uma transmissão pacífica e sem qualquer sobressalto.

Estamos totalmente disponíveis para ajudar os nossos associados no processo de transmissão de empresa.

Qualquer dúvida ou esclarecimento adicional que pretendam ver esclarecido, não hesitem em contactar-nos pelos canais habituais.

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/transmissao-de-estabelecimento-manpower-intelcia-16-de-marco-2020/

NOVO CONTRATO COLETIVO DOS TRABALHADORES DA LIMPEZA


Os Trabalhadores da Limpeza têm um novo contrato coletivo de trabalho, assinado pelo SINDETELCO no passado mês de Dezembro, um novo instrumento que vem trazer melhorias ao nível salarial e dos direitos laborais para os trabalhadores deste setor.

O novo contrato coletivo entrou em vigor no passado dia 1 de Janeiro 2020.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/novo-contrato-coletivo-dos-trabalhadores-da-limpeza/

ALTERAÇÕES AO CCT DA STEF

Agora que terminaram os Plenários de Trabalhadores da STEF Portugal é tempo da Comissão Sindical comunicar as principais alterações do Contrato Coletivo de Trabalho (CCT), aplicável à STEF Portugal.

Salientamos que a leitura deste comunicado não deverá substituir a consulta dos Representantes dos Trabalhadores.

Informamos ainda que iremos realizar Plenários de Trabalhadores nas próximas semanas para esclarecimento total destas alterações ao Contrato Coletivo de Trabalho (CCT).

Aproveitamos para enviar a todos os Trabalhadores da STEF Portugal e seus familiares os votos de umas Boas Festas!

Ver o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/alteracoes-ao-cct-da-stef/

UNIÃO DE SINDICATOS DA ALTICE – UNIDOS PELA DEFESA DOS TRABALHADORES

Como é do conhecimento dos trabalhadores estão a decorrer as negociações de revisão do ACT da ALTICE/MEO para o ano de 2019

As negociações tiveram início a 10 de Setembro 2019 e, após terminada a 6ª reunião estamos no mesmo patamar em que começámos a primeira.

A empresa insistentemente diz que não há aumentos para 2019 e para 2020 condiciona esses aumentos a vários fatores.

Tendo em conta este contexto é chegada a altura de dizer BASTA!

Nesse sentido os Sindicatos, SINDETELCO, SITIC, SICOMP, FENTCOP e SITESE, numa tentativa de unirem esforços e sinergias resolveram unir-se e formar a União de Sindicatos da Altice, demonstrando assim que os Sindicatos estão unidos e que tudo irão fazer para que os aumentos de salários em 2019 sejam uma realidade, mesmo que sejam pagos com os aumentos do ano seguinte, já em Janeiro de 2020.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/uniao-de-sindicatos-da-altice-unidos-pela-defesa-dos-trabalhadores/

ANACOM – Pareceres da responsabilidade da Comissão de Trabalhadores

O SINDETELCO tem recebido nota dos comunicados internos da ANACOM com a mesma serenidade com que aguarda que a ANACOM responda ao nosso pedido de negociações das matérias de expressão pecuniária do Acordo de Empresa.

Tem sido nesta postura, e com alguma curiosidade, que vemos nessas comunicações sublinhada a inexistência de parecer do SINDETELCO sobre regulamentos internos da ANACOM, sem que seja dito que este parecer, pela nossa parte, é facultativo face à existência de uma Comissão de Trabalhadores (CT).

Como tivemos oportunidade de esclarecer os trabalhadores da ANACOM nas reuniões de 30 de setembro, em Lisboa,14 de Outubro, em Barcarena, uma vez que existe uma CT eleita, e em funções na ANACOM, confiamos que esta CT irá pronunciar-se no melhor interesse de todos os trabalhadores que representa no que refere a matérias de regulamentos internos.

Agradecemos por isso que a ANACOM tenha a amabilidade de nos remeter previamente à aprovação definitiva os regulamentos internos, mas aguardamos por respostas a temas bem mais significativos para os nossos associados. Referimos-nos ao aumento de todas as matérias de expressão pecuniária no acordo, e para o qual já expirou largamente o prazo de resposta, mais ainda tendo em conta o aumento do custo de vida para uma inflação de 10 anos e um contexto em que os trabalhadores da ANACOM não usufruiram de quaisquer ajustes nas suas tabelas salariais ou de ajudas de custo.

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/anacom-pareceres-da-responsabilidade-da-comissao-de-trabalhadores/

OS TRABALHADORES MOSTRARAM A SUA INDIGNAÇÃO. A NAVIGATOR NÃO PODE IGNORAR!

O Sindetelco saúda a luta dos trabalhadores que, durante todos os dias de greve, em todas as empresas do grupo Navigator, mostraram a sua indignação e inconformismo perante uma atitude de arrogância e surdez da empresa quanto à má aplicação do plano de carreiras em vigor apesar de injusto.

Esta luta poderia ter sido evitada se a empresa não tivesse rompido com o diálogo e tentasse chegar ao acordo para resolver o problema dos reenquadramentos profissionais e pagamento da retroatividade devida.

A empresa negou sempre cumprir com um documento por si criado e aprovado. A Navigator enganou os trabalhadores e os trabalhadores responderam à letra.

O SINDETELCO espera agora uma evolução na posição da empresa.
Mantemo-nos disponíveis para o diálogo como sempre. Mas se a surdez continuar saberemos dar a resposta adequada e agir em conformidade.

Ler o comunicado na íntegra

 

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/os-trabalhadores-mostraram-a-sua-indignacao-a-navigator-nao-pode-ignorar/

ASSINADO O ACORDO PARA A REVISÃO SALARIAL DOS CTT PARA O ANO DE 2019


AFINAL ERA POSSÍVEL IR MAIS LONGE.

AFINAL ERA POSSÍVEL CHEGAR A ACORDO COM OS SINDICATOS.

AFINAL DESORIENTAÇÃO TOTAL É SER APANHADO DE SURPRESA E TER QUE VIRAR O BICO AO PREGO.

Os Sindicatos signatários deste comunicado deram acordo de princípio, subordinado à resolução por parte dos CTT de algumas questões formais. O acto da assinatura do acordo foi agendada para o dia 14 de Novembro à tarde.

Em Novembro já não serão efectuados os cortes nos vencimentos dos trabalhadores que tiveram promoções e, nomês de Dezembro será normalizada toda a situação, sendo igualmente aplicados os aumentos agora acordados bem como a aplicação das novas tabelas salariais com efeitos a Janeiro de 2019.

Como é evidente não nos opomos a que o sindicato que assinou o “acto de gestão” faça a anulação do acordo que subscreveu e assine este acordo final. Que sirva para reflexão futura.

Com a unidade dos Sindicatos e dos trabalhadores foi possível melhorar as propostas dos CTT.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/assinado-o-acordo-para-a-revisao-salarial-dos-ctt-para-o-ano-de-2019/

NEGOCIAÇÕES SALARIAIS CTT 2019

No seguimento da proposta apresentada pelos Sindicatos, realizou-se hoje, dia 8 de Novembro, uma reunião entre os CTT e os Sindicatos que não assinaram o acto de gestão.

Os Sindicatos, após uma pausa para analisar a proposta dos CTT deram acordo de princípio, ficando os CTT de resolver as questões formais.

O acto da assinatura do acordo foi agendada para o dia 14 de Novembro à tarde.

Em Novembro já não serão efectuados os cortes nos vencimentos dos trabalhadores que tiveram promoções e, no mês de Dezembro será normalizada a situação e serão igualmente aplicados os aumentos agora acordados e a aplicação das novas tabelas salariais com efeitos a Janeiro de 2019.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/negociacoes-salariais-ctt-2019-2/