Agora é mais fácil trazer os colegas para o SINDETELCO

O SINDETELCO passou a contar com uma nova funcionalidade no site: a geração automática do Boletim de Inscrição.

Esta nova funcionalidade visa tornar mais fácil a adesão ao SINDETELCO. Passa agora a ser possível gerar um Boletim de inscrição diretamente através de um computador ou smartphone. O documento pode depois ser impresso e entregue diretamente ao SINDETELCO. Os trabalhadores podem assim aderir ao SINDETELCO através de um clique, a qualquer hora e em qualquer lugar.

A capacidade negocial do SINDETELCO depende da sua representação de trabalhadores nas empresas. A sindicalização é por isso cada vez mais importante para que os trabalhadores possam ter os seus direitos defendidos.

Contamos com a colaboração de todos no sentido tornar esta nova funcionalidade útil. JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Clique aqui para aceder ao formulário

REUNIÃO COM A PRESIDENTE EXECUTIVA DA PT

O SINDETELCO e as restantes organizações sindicais estiveram ontem reunidos com a Presidente Executiva da PT, Eng. Cláudia Goya.

Deste encontro salienta-se o compromisso assumido pela Presidente de manter um diálogo aberto sobre as questões sociais na PT, nomeadamente através da retoma do diálogo social com os representantes dos trabalhadores. Negou ainda que a PT esteja a realizar um despedimento coletivo encapotado.

Tivémos oportunidade de expor as nossas preocupações sobre o presente e o futuro dos trabalhadores da PT, assim como as questões suscitadas pelo relatório da ACT que reflete o clima de tensão permanente que se vive dentro da empresa.

Esperávamos mais respostas às questões levantadas. Todavia, parece-nos que uma nova porta se abriu pois desde Junho que a Empresa não recebia os Sindicatos.

Apresentámos à Presidente da PT o seguinte documento que reúne as nossas maiores preocupações.

Antes de ontem estivemos na DGERT. Ontem com a Presidente da PT. Hoje estaremos reunidos com o Governo.

A LUTA PELOS TRABALHADORES DA PT MANTÉM-SE FIRME E ATIVA

Reunião com a VODAFONE

O SINDETELCO esteve reunido com a DRH da VODAFONE, com o intuito de apresentar os novos dirigentes do SINDETELCO, eleitos no XI Congresso, realizado em Coimbra nos dias 26 e 27 Novembro 2016.

A VODAFONE mostrou abertura para que o SINDETELCO possa promover a atividade sindical junto dos seus trabalhadores. Apesar, da existência de algumas divergências em matérias laborais, existe um bom entendimento entre SINDETELCO e VODAFONE, já de alguns anos a esta parte.

Nesta reunião foram abordadas questões laborais, atividade sindical, contratação coletiva e plano de atividades e desenvolvimento empresarial da VODAFONE.

Com é de conhecimento geral a precariedade tem vindo a ser tema de reuniões parlamentares, e ainda, que segundo a DRH “não haja necessidade de Contratação Coletiva na empresa”, o SINDETELCO não deixou de sensibilizar a VODAFONE para este tema.

Ver o comunicado na íntegra

A IMPORTÂNCIA DO SINDICATO E DE ESTAR SINDICALIZADO

É comum nos dias de hoje ouvirmos um discurso de desvalorização do papel dos Sindicatos na vida pública. Tal facto além de não corresponder à verdade, tem por trás intenções que passam pela desvalorização do valor do trabalho, dos trabalhadores e de quem os representa.

Os Sindicatos surgiram na sociedade pela necessidade de conquistar melhores condições de trabalho e salários mais justos e têm assumido ao longo dos anos um papel primordial na conquista e defesa de direitos para os trabalhadores. Querer desvalorizar o papel dos Sindicatos é querer deliberadamente desvalorizar o trabalho e os trabalhadores. Esta é uma agenda que devemos combater, sob pena de estarmos a caminhar para uma crise profunda nos direitos e valores laborais que tantas décadas demoraram a conquistar.

Estar sindicalizado é um investimento e não um encargo!

Através do SINDETELCO os trabalhadores podem obter aconselhamento jurídico gratuito, informações privilegiadas sobre as suas empresas, integrar processos judiciais conjuntos ou individuais contra a sua entidade empregadora, beneficiar dos programas de ação social que dispomos, beneficiar dos protocolos com empresas que lhes permitem ter descontos em produtos e serviços (por exemplo em universidades, SAMS, BP, unidades hoteleiras, farmácias, etc.). Acresce ainda que no final do ano pode abater as suas quotas sindicais em sede de IRS, ou seja, tem garantido um benefício fiscal por ter descontado para o Sindicato.

O SINDETELCO foi fundado em Abril de 1981. Atuamos nas áreas dos Correios, Telecomunicações, Media e Serviços. Queremos continuar a defender o valor do seu trabalho e os direitos de todos os trabalhadores.

Ver o comunicado na íntegra

INTENSIFICADO O DIÁLOGO SOCIAL COM A PT PORTUGAL

No dia 15 de Março, realizou-se uma reunião entre a UNI Sindicato Global, os três sindicatos portugueses, SINTTAV, STPT e SINDETELCO, o CEO da PT Portugal, Eng. Paulo Neves e o CCO Dr. João Zuquete.

A UNI Sindicato Global e os três Sindicatos portugueses, agendaram para esta reunião, a discussão dos seguintes temas:

  • Projecto da Altice para a PT Portugal.
  • Diálogo Social com os Sindicatos.
  • Adaptação à nova realidade empresarial do Código de Conduta de Responsabilidade Social.

A UNI Sindicato Global, os Sindicatos portugueses e o Presidente da PT Portugal, todos confirmaram o seu grande empenho no diálogo e nas relações laborais construtivas.

A UNI e a PT Portugal, assinaram um Acordo Global em 2006, que vinculava ambas as partes ao pleno respeito de normas laborais reconhecidas, como as Convenções da OIT.

Ver o comunicado na integra

XI CONGRESSO – Proposta de alteração estatutária

comunicado-4-alteracao-estaO Presidente do Conselho Geral recebeu uma proposta de alteração de Estatutos, a apresentar ao XI Congresso.

Esta proposta cumpre o disposto no Artigo 25 alínea d) e Artigo 75, ponto 1,2 e 3.

A divulgação da proposta de alteração de Estatutos será distribuída aos associados do SINDETELCO e poderá, também, ser consultada no site do Sindicato em www.sindetelco.pt

Ver o comunicado na íntegra

 

 

ELEIÇÃO DE DELEGADOS AO XI CONGRESSO – MESAS DE VOTO

Os locais de tracomunicado-mesas1balho  serão visitados nos dias assinalados e entre os horários indicados. Poderão ser adicionados outros locais de trabalho que se verifiquem convenientes.

No final de cada percurso da mesa de voto será feita a ata de apuramento da respetiva mesa eleitoral. Elaborada a respetiva ata esta será assinada pelos membros que constituíram a mesa, no mínimo de dois (de preferência 3) que assinam e entregam o processo no Sindicato

Para o ato de votar o associado do SINDETELCO, devidamente identificado, assinará a folha de presenças, ser-lhe-á entregue o boletim de voto, entretanto é descarregado no caderno eleitoral e então votará, colocando o voto na urna.

Exige-se a maior lisura e transparência no processo eleitoral. Desta forma ganha a democracia sindical e todos os intervenientes no processo orgulhar-se-ão do trabalho realizado.

Ver o comunicado na íntegra

ERRATA: as meses da Sede em Lisboa e Delegação Norte funcionam das 9h às 17h30 e não das 9h às 19h como erradamente está neste comunicado. Pedimos desculpa pelo lapso.

XI CONGRESSO – LISTA ADMITIDA À ASSEMBLEIA ELEITORAL

comunicado-listaNos termos dos Artigos 65º e 66º dos Estatutos do SINDETELCO, a Mesa do Conselho Geral informa que foi recebida e aceite, uma Lista concorrente ao ato eleitoral para eleição dos Delegados ao XI Congresso, cujo Mandatário é o Senhor Álvaro Manuel Ferro Silva, Sócio Nº 24262, designada por LISTA A, que contém os 150 candidatos efetivos e 44 suplentes.

A Assembleia Eleitoral funcionará de 17 a 28 de Outubro de 2016. É permitido o voto por correspondência, nos termos do Artigo 63º – Número 2, alínea d) dos Estatutos do SINDETELCO.

 Apelamos à participação de todos os associados neste ato eleitoral, para reforço da legitimidade e capacidade sindical dos próximos dirigentes do SINDETELCO.

Ver o comunicado na íntegra

REUNIÃO COM O PRESIDENTE DA PT PORTUGAL

Comunicado6----PT1O SINDETELCO referiu ao Sr. Presidente que tinha um projeto sindical que apostava no Diálogo Social e na Negociação Coletiva.

No que diz respeito à Negociação Coletiva o SINDETELCO sempre cumpriu e respeitou os seus compromissos. Indicámos que tínhamos dificuldade em perceber como era possível que o ACT durante anos tivesse uma leitura e uma interpretação por parte de todos os signatários e de repente, apenas por haver uma mudança de gestão, a Empresa de uma forma unilateral sem qualquer diálogo com os parceiros sociais, impusesse novas interpretações para as Cláusulas como foi o caso do Subsídio de Refeição, obrigando todos os trabalhadores a receberem o referido subsídio através de um cartão refeição e não em dinheiro.

Exigimos à Empresa que retome a negociação do processo negocial do ACT, num acordo em que ambas as partes se revejam. Mas não estaremos disponíveis para que os trabalhadores vejam reduzidos os seus direitos e exigimos que hajam aumentos salariais depois de vários anos onde os trabalhadores perderam poder de compra.

Ver o comunicado na íntegra