VII CONGRESSO 2002

Realizou-se nos dias 20 e 21 de Abril de 2002 o VII Congresso do SINDETELCO, no Hotel Estoril Eden, Monte Estoril. No dia anterior o SINDETELCO organizou um Seminário subordinado ao tema “Códigos de Conduta”, onde estiveram presentes 70 dirigentes. Entre eles o Secretário-Geral Manuel da Silva e Luís Filipe Penedo Neves pelo SINDETELCO, Bernardette Tesch-Segól pela UNI EUROPA e Reinhard Naumann pela Fundação Friedrich Ebert. O SINDEGRAF – Sindicato Democrático dos Gráficos Papel e Afins fez no dia 20 de Abril de 2002 o seu Congresso de dissolução e integração do SINDETELCO.

Este VII Congresso, à semelhança do I Congresso do SINDETELCO, ficará marcado como um Congresso histórico. Tratou-se de um Congresso de viragem RUMO AO FUTURO. Um futuro que se apresenta com novos desafios, novas oportunidades e também novas responsabilidades.

De realçar o reconhecimento feito à acção desenvolvida pelos Órgãos do SINDETELCO no mandato anterior, a votação por unanimidade, pela primeira vez na história do SINDETELCO, do Relatório de Actividades e Contas e do Plano de Acção para o próximo mandato (2002 – 2005), tal como as várias moções de orientação também votadas unanimemente. Tomaram-se também importantes decisões estratégicas tais como:

  • Alteração do nome do para SINDETELCO – Sindicato Democrático dos Trabalhadores das Comunicações e dos Media de forma a integrar os nossos colegas do ex – SINDEGRAF e abrir novas perspectivas de crescimento nas empresas da chamada “nova economia”.
  • Adequação da quotização sindical que permitirá ao SINDETELCO reforçar a estrutura de sindicalização e recrutamento, bem como, reorganizar a sua estrutura técnico-administrativa e dotar de formação os quadros dirigentes.

Neste VII Congresso a Mesa foi dirigida por Luís Filipe Penedo Neves, como Presidente, tendo ainda os Srs. Aires da Conceição Lopes; Rosa Maria Santos Cunha Iglésias; Cândido dos Santos Ferreira; Pedro Miguel Cruz Martins; José Augusto Alexandre Ferrolho e a Sr.ª Ana Rita José Franco, como os restantes componentes.

Foram aprovadas Moções, tais como, “Novos Desafios aos Sindicatos”  e  “Europa Social Uma União para o Homem”. De igual modo aprovaram-se as Moções “Políticas Activas para um Envelhecimento com Qualidade”,  “Mulheres no Seio dos Sindicatos”, “Solidariedade e Cooperação com os PALOP’s” e “Ainda a Propósito dos 20 anos do SINDETELCO…”. As Moções “Conflito no Médio Oriente” e “Solidariedade para com os Povos Palestiniano e Judaico” foram aprovadas em simultâneo.

O Relatório de Actividades do Secretariado Nacional, foi apresentado pelo Secretário Geral, Sr. Manuel Matias Ferreira da Silva, tendo sido aprovado por unanimidade e aclamação, o que aconteceu pela primeira vez na história dos Congressos do SINDETELCO.

Com as alterações aprovadas aos Estatutos, o Secretariado Nacional passou a ser constituído por 37 elementos, e o Conselho Geral por 50. Por via das alterações estatutárias também aprovadas a quotização sindical foi alterada. A percentagem de 0,75% passou de aplicada sobre 12 meses ( anteriormente era de 0,5% a 14 meses).

Aos Orgãos Nacionais concorreu uma lista, designada de Lista A que obteve os seguintes resultados:

Secretariado Nacional Conselho Fiscalizador de Contas Conselho de Disciplina Conselho Geral
Votos Sim 166 167 168 172
Votos Brancos 17 17 16 13
Abstenções 0 0 0 0

Estiveram presentes várias personalidades em representação das Entidades Sindicais, tendo usado da palavra os indicados com asterisco. A seguir indicamos as representações:

ENGº. JOÃO PROENÇA SECRETARIO GERAL UGT PORTUGAL
TEODORO S. MENEZES Presidente SINCOTEL SÃO TOMÉ
JACKY ARCHES e FO COM FRANÇA
ALEJANDRO DE LLANO Secretario Geral  UGT ESPANHA
SELLO CAMARA Presidente SILCOTEL GUINÉ-BISSAU
JOHN WARD CONNECT REINO UNIDO
RAFAEL DAVA Presidente SINTAC MOÇAMBIQUE
PHILLIPOS THOMAS CORREIOS GRÉCIA
STOGHIANNOS SPYROS CORREIOS GRÉCIA
HELMUT FALCKE VERDI ALEMANHA
JULIAN JIMENEZ CC. OO. ESPANHA
JUNJIRO TSUDA Presidente NWJ JAPÃO
MINAKO AKIBA interprete  do NWJ JAPÃO
PILAR BARRERO NOGALES UGT CORREIOS ESPANHA
NIEVES RAMUDO MASEDA UGT CORREIOS ESPANHA
DANIEL GUILLOT CFDT FRANÇA
REINHARD NAUMANN FRIEDRICH  EBERT PORTUGAL
ARMANDO MIRANDA Presidente SNTTC GUINÉ-BISSAU
ANTÓNIO JOSÉ TELES GRILO Presidente UGC PORTUGAL
VICTOR HUGO SEQUEIRA Presidente SITESE PORTUGAL
PATO RIBEIRO Secretario Geral SINDEL PORTUGAL
CARLOS EDUARDO MARQUES DRH  CTT PORTUGAL
JOSÉ MANUEL ROCHA SINDETELCO PORTUGAL
JOÃO LUÍS D. FERNANDES SINDETELCO PORTUGAL

 .