Requisição de manuais escolares – ano letivo 2018/2019

Se é sócio do SINDETELCO e tem filhos em idade escolar o  SINDETELCO, à semelhança de anos anteriores, ajudá-lo-á na compra de livros e auxiliares escolares com facilidades de pagamento em prestações sem juros (máximo 4 prestações), sem cobrança de qualquer custo adicional e entrega dos manuais diretamente aos sócios.

Os nossos associados usufruem de um desconto de 10% sobre o preço de venda ao público.

O pagamento dos livros pode ser realizado em dinheiro,  através de cheques pré-datados à ordem do SINDETELCO, ou por transferência bancária com posterior envio de comprovativo para o Sindicato (neste caso deve solicitar o IBAN ao Sindicato.

No caso dos trabalhadores dos CTT, CTTEXPRESSO, CTTCONTACTO e DHL é possivel requisitar os livros e pagar pelo vencimento, através da assinatura de uma declaração para a empresa autorizando o pagamento através do ordenado.

Para requerer livros escolares pelo SINDETELCO pode usar duas vias:

1 . Preencher o formulário online aqui, anexando os respetivos documentos comprovativos.

2. Descarregar a versão em papel que depois de preenchida deve ser devolvida ao sindicato via correio ou email.

Realçamos ser de particular importância o devido preenchimento de todos os campos contidos na requisição para que possamos tratar devidamente todos os pedidos e entregar os livros aos associados da melhor forma, sem erros e com a devida declaração para efeitos de IRS (o número de contribuinte do aluno é essencial).

As requisições de livros da zona norte do país devem ser enviadas para a nossa Delegação Norte (delegacaonorte@sindetelco.pt) . As restantes para a nossa sede em Lisboa (geral@sindetelco.pt)

– Data de início das requisições: Imediata
– Data limite de requisição para compra de livros: 15 de Agosto de 2018

O Regulamento para aquisição de livros escolares encontra-se devidamente expresso aqui.

Link permanente para este artigo: http://www.sindetelco.pt/comunicados/requisicao-de-manuais-escolares-ano-letivo-2018-2019/

%d bloggers like this: