NEGOCIAÇÕES SALARIAIS CTT 2021

Encontram-se a decorrer as negociações salariais 2021 para os trabalhadores dos CTT. As reuniões têm vindo a ser realizadas semanalmente e passam agora a ser quinzenais.

Ao fim de três sessões negociais damos a conhecer as propostas da empresa.

O SINDETELCO continuará com a sua postura negocial, na defesa do que poderá vir a ser um acordo salarial justo para os trabalhadores dos Correios.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/negociacoes-salariais-ctt-2021/

Revisão do CCT da Vigilância

O SINDETELCO e os Sindicatos que compõem a P.O.S assinaram com a AES um acordo de revisão do CCT da vigilância que já foi entregue no Ministério do Trabalho.

MATÉRIAS DO ACORDO DE REVISÃO ASSINADO COM AES

• Fim da Cláusula 85.º do CCT: os Feriados voltam a ser pagos a 100% e as horas de trabalho suplementar diurno voltam a ser pagas a 50% em 01 de Janeiro de 2021.

• Aumentos Salariais para todas as categorias do Setor:
– 2021 – Aumento de 0,5% para todos os trabalhadores.
– 2022 – Aumento de 1,5% para todos os trabalhadores.

Aguardamos a publicação da Revisão do Acordo e da Portaria de Extensão, esperando que seja o mais brevemente possível, por forma a que os direitos sejam estendidos a todos os trabalhadores do setor e a obrigar todas as empresas não associadas da AES a que tenham de cumprir o Acordo.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/revisao-do-cct-da-vigilancia-2/

ATUALIZAÇÃO SALARIAL CTT 2021 – PROPOSTA DO SINDETELCO

O SINDETELCO entregou à Empresa a sua proposta de atualização salarial para todos trabalhadores dos CTT em 2021, com retroativos a 1 de Janeiro, assente nos seguintes aumentos:

O ano de 2020 foi um ano extremamente difícil para os trabalhadores dos Correios, pois como empresa prestadora de serviços públicos essenciais, os trabalhadores mantiveram-se sempre na linha da frente, não virando a cara às adversidades que foram encontrando pela frente no seu dia-a-dia de trabalho.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/atualizacao-salarial-ctt-2021-proposta-do-sindetelco/

STEF PORTUGAL – OS TRABALHADORES NÃO SÃO NÚMEROS

Tendo em conta o contexto pandémico em que vivemos, a Comissão Sindical considera inaceitável a política seguida pela direção da STEF Portugal, na forma como tem tratado os trabalhadores como meros números, esquecendo-se que se tratam de pessoas com preocupações, obrigações e família.

O próprio grupo trata os trabalhadores da STEF Portugal como trabalhadores de segunda. Distribuiu 300€ por mês a todos os trabalhadores dos outros países onde existe o grupo STEF, mas em Portugal permitiu que a direção não cumprisse estes valores e distribuísse migalhas a quem trabalhou diariamente com o risco a bater à porta.

Esta direção tem em mente um projeto de redução em massa do número de trabalhadores efetivos para poderem contratar trabalhadores temporários, e poderem desta forma manipular a seu belo prazer os trabalhadores e equipas.

Estamos atentos e não deixaremos que tal aconteça. Nas próximas semanas realizaremos Plenários para debater estes e outros problemas que afetam os trabalhadores e para que juntos os possamos resolver.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/stef-portugal-os-trabalhadores-nao-sao-numeros/

CONCLUSÃO REVISÃO DO ACT ALTICE

A UNIÃO DE SINDICATOS DA ALTICE, bem como quem já deu o seu acordo de princípio à actual revisão do ACT, participaram hoje numa reunião com a Empresa a fim de actualizar a tabela salarial em função do já anunciado, pelo Governo português, nos últimos dias, aumento da Remuneração Mínima Mensal Garantida, que passará a ser de € 665,00.

Assim foram actualizados na Tabela de Remunerações Mínimas, Anexo IV do ACT, os 3 primeiros níveis da categoria de Técnico, e o primeiro nível da categoria de Técnico Especialista, sendo que para os trabalhadores no activo se mantém o já anteriormente acordado em Protocolo que se recorda é um vencimento base mínimo de € 740,00.

Nesta mesma reunião, de hoje, ficou também esclarecido que o acréscimo de € 0,10 no Subsídio de Refeição é igualmente aplicável ao Subsídio Especial de Refeição (Almoço, Jantar e Ceia).

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/conclusao-revisao-do-act-altice/

ALTICE – OS TRABALHADORES SÃO PESSOAS SÉRIAS, CARECEM DE SABER A VERDADE PORQUE CHEGÁMOS ATÉ AQUI?

Em 14 de Novembro estava em cima da mesa uma proposta de negociação para aumentos remuneratórios para 2020 e 2021, de respectivamente 2 M€ e 1,5 M€, a ser discutida a sua afectação (salários, diuturnidades, subsídios, etc, ou numa só rúbrica, em algumas, ou em todas elas) pela vontade das Associações Sindicais.

Em 22 de Janeiro a Empresa repete teimosamente que não haverá aumentos em 2019, mas propõe-se pagar, em Março, um “prémio pecuniário extraordinário” entre € 200 (este valor já garantido) e € 300, a cada um dos trabalhadores, como compensação por 2019.

E chegámos à reunião de 2 de Fevereiro, à suspensão das negociações, ao aparecimento da COVID-19, e ao retomar das sessões negociais já só em 14 de Julho último, em que a Empresa, à boleia da pandemia, retira todas as propostas feitas de aumentos remuneratórios.

Importa referir que a revisão da matéria de clausulado estava quase toda já consensualizada, e aqui havia ganhos para os trabalhadores, como já explicámos em comunicado anterior.

Salientar que para aumentos do subsídio de refeição, dado aqui como exemplo, estavam em cima da mesa duas propostas, uma da UNIÃO DE SINDICATOS DA ALTICE, de € 0,50, e outra da Frente Sindical de € 0,35.

A UNIÃO DE SINDICATOS DA ALTICE havia proposto o alargamento do ACT aos trabalhadores da PT Contact, bem como a todas as outras empresas do Grupo ALTICE.

A UNIÃO DE SINDICATOS DA ALTICE tinha lutado pelo valor mínimo a auferir pelos trabalhadores passasse a ser de € 740,00, outro exemplo.

Já se havia deixado os pássaros voar antes da pandemia, devíamos ficar agora na mão com o pássaro que tínhamos ao nosso dispor. Para bem dos trabalhadores. Nesta fase aguda que vivemos o mais importante é o garantir da empregabilidade, os postos de trabalho, e o trabalho.

Tudo o mais é conversa de desespero, e de quem nada tem para oferecer aos trabalhadores que não só os conduzir para estratégias pessoais, e lutas de cariz político-partidário. Mas agora com o Orçamento de Estado 2021 aprovado será altura de voltarem à terra.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/altice-os-trabalhadores-sao-pessoas-serias-carecem-de-saber-a-verdade-porque-chegamos-ate-aqui/

DIA DO ANIVERSÁRIO PARA OS TRABALHADORES DA SOMITEL

Nesta última reunião a empresa deu luz verde à proposta do SINDETELCO tendo ficado definido que a partir do dia 1 de Janeiro 2021 todos os trabalhadores da Somitel terão direito ao dia do seu aniversário, nos seguintes moldes:

  • O dia tem por base a assiduidade do ano civil anterior;
  • O Trabalhador não pode ter faltas injustificadas no ano civil anterior;
  • Se por alguma razão no dia do aniversário o trabalhador estiver de baixa/folga ou férias terá direito a gozar o dia posteriormente, mediante acordo com a chefia.

O SINDETELCO desde à longa data que vinha a tentar reunir com a Somitel o que finalmente aconteceu neste ano de 2020. Esperamos manter no futuro este bom clima de diálogo social que tem trazido bons frutos para todas as partes.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/dia-do-aniversario-para-os-trabalhadores-da-somitel/

CONTINUAM A DECORRER AS NEGOCIAÇÕES DE REVISÃO DO CCT DA VIGILÂNCIA

A AES pretende dar 1% de aumento à maioria das categorias do setor e apenas dar 0,5% às categorias de TVAs e Operadores de Valores. O SINDETELCO e os sindicatos que compõem a POS defendem que todas as categorias do setor deverão ter a mesma percentagem de aumento. INACEITÁVEL! 

Os Sindicatos da POS Responderam à AES apresentando a seguinte Proposta:

  • A manutenção da cláusula 85.º até 31.12.2021 tem de ser retirada, se tal não suceder a POS retira a sua proposta.
  • Aceitação das propostas de revisão do clausulado com aumentos de custos a discutir em 2021.
  • Em 2022 serão discutidas todas as restantes cláusulas com aumentos de custos apresentadas pelos Sindicatos.
  • Percentagem de aumentos igual para todos os trabalhadores do setor.
  • Fixação de 2,23% de percentagem de aumento para 2022 por parte da AES.
  • Aumento de 3,5% para todas as categorias do setor a vigorar pelo biénio 2021-2022.

A próxima reunião das negociações do CCT está marcada para o próximo dia 07 de Dezembro de 2020.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/continuam-a-decorrer-as-negociacoes-de-revisao-do-cct-da-vigilancia/

Revisão do CCT da Vigilância

AES APRESENTOU PROPOSTA DE REVISÃO DO CCT AOS SINDICATOS DA POS

INACEITÁVEL a AES pretende dar aumentos de 0,5%, mas em contrapartida propõe manter a prorrogação da clausula 85.º do CCT por mais um ano, ou seja, até 31.12.2021

A Próxima reunião das negociações do CCT está marcada para o próximo dia 27 de Novembro de 2020.

O SINDETELCO continuará a defender os direitos dos trabalhadores do setor, a manutenção dos postos de trabalho, assim como aumentos justos que dignifiquem todas as categorias do setor.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/revisao-do-cct-da-vigilancia/

ACT 2019 ALTICE Portugal – ACORDO DE PRINCÍPIO

Destacamos, entre outras que podem ser consultadas nos Sindicatos desta União, as seguintes medidas:

  • O VBM (Vencimento Base Mínimo) a praticar será de € 740, com efeitos retractivos a 1 de Julho de 2020;
  • o subsídio de refeição terá um acréscimo de € 0,10, passando a ser de € 8,25 a partir de 1 de Dezembro de 2020;
  • no primeiro trimestre de 2021, e após a apresentação dos resultados da ALTICE de 2020, analisar o tema dos aumentos remuneratórios aos trabalhadores a quem se aplica o ACT agora revisto;
  • a aplicação do ACT aos trabalhadores da PT Contact;
  • a extensão aos trabalhadores das outras Empresas do Grupo ALTICE Portugal, não cobertas pelo ACT, de matérias de benefícios sociais de que já usufruem os trabalhadores abrangidos pelo ACT agora revisto;
  • o acréscimo de progressões e promoções a mais 60 trabalhadores além dos já previstos 150 trabalhadores, em 2020, destinadas essas a quem não evoluiu há mais de 10 anos na sua carreira;
  • a integração, como cláusula nova do ACT das dispensas por antiguidade, já anunciadas por ordem de serviço, mas esta não vinculativa no tempo;
  • garantir os novos valores mínimos de subsídios de turno, para quem preste este tipo de horários, com descanso semanal variável, ou em regime de laboração contínua com descanso semanal variável, em respetivamente € 45 e € 90, com efeitos retroativos a 1 de janeiro de 2020;
  • a atribuição do subsídio de refeição a quem preste, nos dias normais, pelo menos, 3 horas de trabalho efetivo;
  • garantir a discussão de alterações à avaliação de desempenho por forma a que melhor se coadune com uma mais rigorosa interpretação por todos os envolvidos, e reflita o verdadeiro empenho e desenvolvimento profissional de cada trabalhador;
  • o prémio de aposentação será pago em dobro aos trabalhadores do ativo que se reformem/aposentem até 31 de Dezembro de 2021.

Têm os Sindicatos que integram a União de Sindicatos da ALTICE a noção de que este não é um bom acordo, mas é o acordo possível no atual contexto epidemiológico/económico em que Portugal e o Mundo se vêm confrontados.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/act-2019-altice-portugal-acordo-de-principio/

ACORDO DE PRINCÍPIO – AE CTT EXPRESSO 2020

Hoje, dia 18 de Novembro de 2020, terminou o processo negocial do Acordo de Empresa da CTTEXPRESSO.

O SINDETELCO deu o acordo de princípio em conformidade com a vontade expressa pela maioria dos nossos associados.

O AE será assinado formalmente muito brevemente (possivelmente na próxima semana).

Este Acordo de Empresa irá garantir um futuro melhor para os trabalhadores.

Atingimos o objetivo a que nos propusemos: o direito à negociação coletiva para os nossos associados da CTTEXPRESSO.

Temos já a garantia da empresa de começar a negociar a Tabela Salarial 2021 no início de Dezembro de 2020, o que é mais um dos objetivos do SINDETELCO, com a sua aplicação a 1 de Janeiro de 2021.

Continuaremos a desenvolver um sindicalismo de proximidade, como sempre o temos feito.

Este Acordo só entra em vigor cinco dias após a sua publicação no Boletim de Trabalho e Emprego.

Consulte aqui:

AE CTT Expresso 2020

ACORDO COMPLEMENTAR AO AE CTT EXPRESSO

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/ae-cttexpresso-2020-concluido/

INICIOU-SE O PROCESSO DE REVISÃO DO CCT DA SEGURANÇA PRIVADA

No passado dia 04 de Novembro iniciou-se o processo de revisão do cct da vigilância para 2021, a POS (Plataforma das Organizações Sindicais), da qual o SINDETELCO é parte integrante,  à semelhança do que fez no atual CCT, apresentou uma proposta de revisão do CCT para o ano de 2021 às Associações Patronais.

O SINDETELCO continuará a defender os direitos dos trabalhadores assim como aumentos salariais justos que possam assim dignificar todas as categorias do setor da segurança privada, tal como consta na proposta de revisão do atual CCT que já foi apresentada pela POS ás Associações Patronais.

PROPOSTA DE CCT APRESENTADA PELA POS ÀS ASSOCIAÇÕES PATRONAIS

• Aumento de 5% na tabela salarial respeitante a 2021 e 2022.
• CCT com vigência de 2 anos (2021-2022).
• Subsídio de transporte no valor de 43,08€ para todos os trabalhadores do setor.
• Proposta de melhoria em algumas cláusulas do CCT que visem a defesa dos interesses dos trabalhadores do setor.
• Manutenção dos direitos do CCT nomeadamente com o regresso do pagamento dos feriados a 100% e das horas extras e respetivo trabalho suplementar.
• Inclusão e estabelecimento de Valor hora na tabela salarial para as funções de ARE e ARD.

Ler o comunicado na íntegra

Link permanente para este artigo: https://www.sindetelco.pt/comunicados/iniciou-se-o-processo-de-revisao-do-cct-da-seguranca-privada/